A partir de 20 de junho, o Cartel 011 recebe o trabalho do artista mexicano Carlos Radriguez. A exposição O Jardim conta com 10 quadros pintados a óleo, além de serigrafias inéditas que ficarão expostas no mural do espaço, localizado em Pinheiros.

O trabalho, com curadoria e expografia de Bebel Abreu, é inspirado no quadro O Jardim das Delícias Terrenas pintado por Hieronymus Bosch em 1504.

Conhecido por abordar o erotismo e sexualidade LGBTQ em suas obras de forma irreverente e com corpos de homens fora do padrão, Carlos Radriguez traz sua exposição ao Brasil da maneira como enxerga o país: exuberante, livre e tropical.

Para o artista é importante falar sobre o tema por conta do cenário atual: “Acho fundamental ocuparmos os espaços de narrativas com arte e mensagens de resistência e de amor, de empatia e beleza, de liberdade e respeito”. Radriguez, também justifica a escolha do erotismo como temática de suas obras

“Um corpo nu também pode ser uma posição política e social e o impulso sexual também pode ser um gatilho para um trabalho criativo. Tocar estas questões também está tocando a censura, a vulnerabilidade e os preconceitos de uma sociedade que se assusta para reconhecer e aceitar o que é diferente”.

Durante a abertura da exposição, às 19 horas, o artista fará uma live painting para a finalização de um grande mural do Cartel011 que complementa a exposição.

Este mural será executado em carvão e terá a mesma linguagem de desenho usada na publicação a ser apresentada, fazendo uma conexão entre o processo de trabalho e o resultado final da obra do artista, representada pelas pinturas e serigrafias.

Durante o período da exposição, haverá uma Pop-Up Store para a venda de produtos como serigrafias, posteres, pins, cuecas, além de uma camiseta exclusiva de uma collab com a Cartel 011 e o livro O Jardim, que são os estudos feitos para a exposição, porém trabalhados de outra maneira (traço e cor digital).

“Conheci o trabalho do Radriguez através de uma newsletter maravilhosa chamada NUsleDEr, de Rodrigo Turra, e foi amor à primeira vista – em pouco tempo começamos a conversar e logo começamos a publicar seu trabalho no Brasil”, conta a curadora Bebel Abreu.

Ela ainda completa: “A conexão que ele faz com O Jardim das Delícias Terrenas, do pintor holandês Hieronymous Bosch, não poderia ser mais atual. Imagino qual será a reação das pessoas por aqui, mais de 500 anos depois”.

No dia 22, véspera da Parada Gay de São Paulo (considerada a maior do mundo), Carlos Radriguez será o responsável por pintar a fachada da loja El Cabriton, na Rua Augusta, a partir das 14h.

Serviço

Exposição O Jardim, de Carlos Radriguez (México)
Curadoria: Bebel Abreu
20 de junho de 2019 das 19h às 23h, até 07 de julho de 2019
Cartel 011 – R. Artur de Azevedo, 517 – Pinheiros – SP
Drinks de boas vindas: Carajillo Licor 43, Campari, Stella Artois e Mezcal.
Produção: Bebel Books e Mandacaru