Ela pode ser uma das maiores e mais populares histórias de sucesso do nosso reality preferido, mas a campeã da sexta temporada de RuPaul’s Drag Race, Bianca Del Rio, diz que a competição está definitivamente no passado.

A estrela de Hurricane Bianca pode estar se preparando para outro marco da carreira, ao se apresentar na Wembley Arena, em Londres, mas admite que não tem mais um “relacionamento” com o programa que ela venceu em 2014.

“Apesar de ter sido uma oportunidade incrível, eu realmente não tenho um relacionamento com [o programa]”, revela Bianca na nova edição de fevereiro da revista Attitude.

Bianca Del Rio belíssima na capa da revista Attitude.

“Eu não assisto o programa regularmente por causa dos horários e também, sabe, é como se você experimentasse, fosse divertido, e então você tem que seguir em frente.”

“Não quero dizer isso de uma forma negativa, eu não tenha nenhuma antipatia em relação a ele [o programa], mas tudo isso já foi documentado. Mas sem essa experiência, eu não estaria sentada aqui com você.”

Bianca fez carreira com suas farpas brutalmente honestas – e engraçadas -, mas a estrela notoriamente franca nega que sua persona cômica derive de mascarar qualquer forma de trauma gay.

“Tudo bem você pensar dessa maneira, mas não é quem eu sou”, diz ela. “Muita coisa aconteceu na minha vida, mas isso não significa que precise ser contado.

“Quantas histórias gays tristes são necessárias no mundo? Por que alguém não pode ser apenas um palhaço?”

A antiga fave de Drag Race acrescenta: “Eu não vou sentar e dizer: ‘Quando eu era criança, isso é o que me fez [ser assim]’. Eu não sei o que me fez ser assim, você só leva a vida.”

“O mundo não me deu nada de mão beijada, e acho que você só precisa continuar e se eu me tornar uma vítima, é terrível”, continua Bianca.

“Há vítimas o bastante. Assista Drag Race se você quer uma vítima, elas choram em todos os episódios!”