Para o grande público, Arthur Nory Mariano, de 22 anos, ficou conhecido nessas Olimpíadas do Rio como uma revelação na ginástica artística, principalmente depois de conquistar o bronze, atrás de Diego Hypólito – que conquistou a prata, trazendo uma dobradinha cheia de orgulho para o Brasil.

Mas na internet, uma galera atenta se pronunciou sobre um vídeo divulgado na internet em maio de 2015, em que Nory aparece supostamente “brincando” sobre o colega de ginástica Ângelo Assumpção, campeão no salto sobre o cavalo na etapa da Copa do Mundo de Ginástica em São Paulo.

“Seu celular quebrou: a tela quando funciona é branca… quando ele estraga é de que cor? (risos) … O saquinho do supermercado é branco … e o do lixo? É preto!”, disse Nory, entre outros atletas.

Logo após a situação, Nory, acusado de racismo, publicou um vídeo dizendo que tudo não passava de uma brincadeira, e que Ângelo não havia ficado chateado. O caso gerou enorme indignação nas redes sociais, e o atleta continuou utilizando as redes sociais para tentar se defender. Ontem postou mais um texto no Facebook, em que escreveu:

“Evoluí como pessoa, amadureci, errei e me arrependi. E aprendi que devemos dar nosso máximo sempre, não só como atleta, mas como uma pessoa boa também.”

O que será que Arthur e o “grande público da internet” tira de lição sobre o episódio? Mais um exemplo de que nem toda brincadeira é inocente, de que todos os nossos atos têm consequências – principalmente para quem leva uma vida exposta na mídia, e que, por isso, pensar antes de falar é importante.

Apesar de tudo, parabéns pela conquista nos jogos olímpicos, Arthur. Esperamos que o episódio tenha conscientizado a todos os atletas – e a todos nós – um pouquinho mais sobre manifestações corriqueiras de racismo, que infelizmente ainda hoje ocorrem em diversos ambientes, inclusive nos esportes.

ATUALIZAÇÃO (15/08 – 11h45): Queremos agradecer a Lorena Machado, grande amiga, pelo “toque” sobre o texto. Estamos sempre trabalhando para melhorar, e o feedback dos leitores é fundamental para acertarmos!

ATUALIZAÇÃO (15/08 – 12h09): O ginasta Ângelo Assumpção deu uma declaração sobre a medalha de Nory: “Espero que seja campeão dentro e fora do tablado”.