No último dia 16 de abril aconteceu no Rio de Janeiro a quarta edição do evento Tudo Ao Contrário – A Cena em Prol da Vida, um evento beneficente idealizado por Caio Loki com apresentações musicais com inversão de gênero.

Dirigido por Reiner Tenente (coordenador e fundador do CEFTEM) e João Fonseca (Cazuza, o Musical), o evento tem toda a arrecadação revertida para a Sociedade Viva Cazuza, que presta assistência a crianças e adolescentes que vivem com o vírus HIV/AIDS.

“Assim como no Broadway Backwards, é através da inversão do gênero das personagens nos números apresentados – atores cantando canções femininas e vice-versa – que encaramos de frente o desafio, cada vez mais necessário, de nos colocarmos no lugar do outro e através da nossa arte contribuir para a construção – ou seria desconstrução? – de um mundo mais solidário e empático”, conta Tenente.

Foram 25 números com sucessos de musicais da Broadway e produções nacionais, além de versões de músicas populares brasileiras. O evento é realizado pelo CEFTEM (Centro de Estudos e Formação em Teatro Musical).

O evento é inspirado pelo evento anual Broadway Backwards e autorizado pela Broadway Cares / Equity Fights AIDS, uma ONG americana responsável pelo evento em Nova York.

  • Ícaro Silva. Foto: Oseias Barbosa
  • Tiago Abravanel. Foto: Oseias Barbosa
  • Marcelo Serrado. Foto: Oseias Barbosa
  • André Dias. Foto: Oseias Barbosa
  • Cláudio Lins. Foto: Oseias Barbosa
  • Evelyn Castro. Foto: Oseias Barbosa
  • Gabriel Stauffer. Foto: Oseias Barbosa
  • Helga Nemeczyk. Foto: Oseias Barbosa
  • João Fonseca. Foto: Oseias Barbosa
  • Kelzy Ecard e Ciro Sales. Foto: Oseias Barbosa
  • Marcelo Várzea. Foto: Oseias Barbosa
  • Reiner Tenente. Foto: Oseias Barbosa
  • Tadeu Aguiar. Foto: Oseias Barbosa

O evento contou também com a presença de nomes como
Marcelo Serrado, Tiago Abravanel, André Dias, Kelzy Ecard, Claudio Lins, Helga Nemeczyk, Ícaro Silva, Gabriel Staufer, Evelyn Castro, Tadeu Aguiar e Marcelo Várzea.

“Com os recentes retrocessos em todas as áreas relacionadas à cultura e a questões de diversidade, cada vez mais um evento como o Tudo ao Contrário se faz necessário! De maneira divertida ele ajuda a sociedade a perceber que somos todos iguais, além de fortalecer a união entre todos os artistas”, finaliza João Fonseca.

Veja as imagens da edição de 2018 do espetáculo Tudo ao Contrário

  • Tudo ao Contrário 2018
  • Tudo ao Contrário 2018
  • Tudo ao Contrário 2018
  • Tudo ao Contrário 2018
  • Tudo ao Contrário 2018
  • Tudo ao Contrário 2018